Quarta-feira, 10 de Novembro de 2010
The Social Network

 

 

FILME: Social Network

REALIZADOR: David Fincher

 

Começo por acenar para os meus simpáticos leitores, que têm lido as minhas críticas - e fico muito feliz por saber que são muitas as pessoas que me dizem que gostam de as ler. Vou falar de um filme que achei interessante porque é sobre o célebre Facebook, que eu até há pouco não sabia que existia. E ainda por cima já existe há muitos anos.


Veio uma pessoa muito simpática no Saldanha dizer-me que eu estava no Facebook. Eu fiquei de boca aberta. Perguntei: o que é isso? Ele respondeu que é uma coisa da internet e que houve muita gente que formou um clube de fãs meu no Facebook. Eu fiquei admirado e satisfeito. Mas sei que qualquer pessoa pode aparecer no Facebook - mas puseram-me lá - eu fiquei contente e fiquei com muita curiosidade para saber como é que era feito.


Achei interessante sobre esse aspecto, saber como foi construído. É um negócio do outro mundo. Esta minha ideia de não ligar à economia é muito portuguesa. Esse lado do filme não me interessou tanto, porque, tal como eu, os portugueses não são pessoas muito inclinadas para a economia e tenho pena que não haja em Portugal cabeças como as desta gente, que têm uma visão para negócios impressionante. O Bill Gates, este Mark não-sei-quê, que fazem biliões! Em Portugal, não há negociantes destes. A nossa economia está de rastos! Só oiço os ministros e os secretários de estado a dizer que é preciso exportar, mas Portugal está muito mal. Precisamos de dinheiro.


Achei o filme muito bom, interessante apesar de ser um bocado monótono nalguns aspectos. Achei bem feito e bem interpretado, e interessou-me o processo de feitura do Facebook. É incrível como um míudo faz um negócio destes. Aconselho que venham todos ver este filme.


Boa noite para todos e até à próxima... e ainda é cedo, mas desejo um feliz Natal a todos e estejam todos muito felizes.

 

JOÃO MANUEL SERRA (0-5) - 4 estrelas

FILIPE MELO -

TIAGO CARVALHO -



publicado por senhordoadeus às 23:29
link do post | comentar | partilhar | ver no SAPO Cinema

27 comentários:
De Isabel Guerreiro a 11 de Novembro de 2010 às 10:02
engraçado. vi este homem vários anos da minha vida. ate porque trabalhei no saldanha até ha um mes atrás... e realmente uma perda... mas curiosamente, lendo o seu ultimo comentario aqui percebi que se despediu desejando feliz natal "mesmo sendo cedo"...
RIP


De Eyes wide open a 11 de Novembro de 2010 às 12:17
Em que mundo vive? Não conhecia o Facebook? Mesmo querendo ser diferente é impossível não conhecer...é falado de manhã à noite em rádios, televisões, revistas, está à vista na maior parte dos sites para adicionar.
Só quem esteve isolado ou em coma ou não ter amigos pode não conhecer.

Mas pronto já transmitiu a ideia que queria...só não pegou.


De siniux a 11 de Novembro de 2010 às 12:19
Aposto que se perguntar a pessoas da mesma idade que o João, várias são as que lhe vão dar a mesma resposta.
Se acha que não, pergunto-lhe eu: "Em que mundo vive?"


De BK a 11 de Novembro de 2010 às 13:10
Sinceramente... há pessoas que devem julgar que a Internet já existe há séculos e que toda a gente nasceu com ela. Vou contar um segredo, há uma vida para além da Internet, uma vida a sério com pessoas a sério, era isso que o senhor João vivia.

Que descanse em paz.


De Valquiria Brunnhilde a 11 de Novembro de 2010 às 13:17
Concordo, concordo... E sou apologista que a internet melhorou e facilitou bastante as nossas vidas, no entanto, por outro lado, também as estragou imenso. Acredito que o mundo do Senhor João era bem mais saudável que o "nosso". Ele simplesmente não se importava com o que as pessoas achavam... Era de valor.

Que descanse em paz, gostaria de o ter conhecido.


De ][ a 11 de Novembro de 2010 às 22:40
Concordo plenamente... Existem pessoas que se acham tão inteligentes, que se esquecem que nasceram na era da informação e esquecem-se que existem pessoas que nunca tiveram a possibilidade de ter, nem sequer um telefone ou um televisão. Feliz ou infelizmente a vida é assim. Nem todos podem ter um iphone ou ipad ou mercedes, será que são menos infelizes que os outros... Não, muitas vezes são mais felizes... Muitas mesmo...


Obrigado por este tópico, embora um de vós não esteja fisicamente entre nós. Alertem esta malta, que pensa que a vida nunca acaba e esquecem-se de a viver na realidade, e não virtualmente.


De Lara a 11 de Novembro de 2010 às 17:01
vem para aqui fazer comentário tristes p quê?


De Rita a 11 de Novembro de 2010 às 20:50
O Senhor do Adeus vivia mais ligado às pessoas e centrado em trazer-lhes alegria, em carne e osso, daí não conhecer o Facebook. Infelizmente o Facebook está cheio de gente de como tu, que sabem conectar-se virtualmente mas falta-lhes a ligação ao calor e à profundidade do coração humano, uma espécie de sensibilidade que torna as pessoas humanas e compassivas.

Verdadeiro ignorante és tu mas estás a tempo de aprender.

Boa noite.


De ][ a 11 de Novembro de 2010 às 22:42
Infelizmente, nem toda a gente conhece os maus segredos que escondem as redes sociais, qualquer uma delas, quando são aplicadas erradamente... "Amigo do meu amigo, meu amigo é!" Será!?
Sei do que falo. Não sou especialista pró em segurança - quer informática, quer social, mas sei o que poderá acontecer, quando este "conceito - amigo do meu ... é" é aplicado erradamente... Muitos colocam fotografias, deste e daquele, nesta e naquela posição, da casa, dos animais, dos carros, do marido/esposa, dos filhos, sem saber muito bem quem vai conseguir aceder (nem sempre é assim, mas por vezes adicionamos pessoas que nem sequer conhecemos, não sabemos do que elas são capazes)


De dfbvfb a 12 de Novembro de 2010 às 10:37
stupid


De AS a 12 de Novembro de 2010 às 11:56
Caro Eyes wide open,
Em que mundo vive?
O meu avô também não sabe o que é o Facebook. E nem acho que tenha obrigação de o saber.


De Joao a 14 de Novembro de 2010 às 00:42
Mas isto há com cada um! Então não existem milhoes de pessoas por este mundo fora que não conhecem o facebook? Só quem não anda atendo à vida é que pode ter esta ideia. Muitas pessoas desconhecem por completo o facebook porque não estão minimamente viradas para as coisas da internet. A minha avó desconhece totalmente o que é o facebook, e este senhor só era 10 anos mais velho que a minha avó. Se calhar os seus amigos pouco ou nada usavam o facebook. Não percebo o porque dessa crtitica e dessa agressividade...


De Anónimo a 11 de Novembro de 2010 às 12:21
Afinal não tenho os olhos assim tão abertos...peço desculpa pelo comentário mas achava que o blog era escrito por outra pessoa. Só agora percebi que era o senhor do adeus...afinal sou eu que ando isolado.
Estúpido.

Vi esse senhor muitas vezes.
RIP



De Paula NoGuerra a 11 de Novembro de 2010 às 13:13
Este filme é MUITO MAU!
Não gostei nada...
Mas esta é apenas a minha mera opinião!

Beijocas doces***


De ViPirate a 11 de Novembro de 2010 às 14:36
Só porque partis-te não deixes de dizer Adeus!
Há por aqui muita gente que sem o conhecer, já sente a sua falta.
Um bem haja á sua vida.
E.. até sempre "Senhor do Adeus"!


De Morcego Libertino a 11 de Novembro de 2010 às 15:26
Um pequeno comentário ao que dizes

"... os portugueses não são pessoas muito inclinadas para a economia e tenho pena que não haja em Portugal cabeças como as desta gente, que têm uma visão para negócios impressionante. O Bill Gates, este Mark não-sei-quê, que fazem biliões! ... "

Em Portugal há muito boa gente com "grandes cabeças" e muito boas ideia, temos também muita gente que se interessa por economia !

O que se passa em Portugal é que a própia economia não está bem e não existe quem invista em projectos como este!

Cumps


De Maria Inês S. a 11 de Novembro de 2010 às 22:04
Durante anos ia para casa e passava pelo "Senhor Adeus", o Homem que trazia um sorriso à cara dos portugueses, quer estivesse sol quer estivesse chuva!

Sempre que eu e a minha mãe passávamos era uma festa e quando o "Senhor Adeus" não estava era uma preocupação! Há dois meses que não o via... Já não havia sorrisos... E agora soube esta triste notícia! Vou ter saudades, aliás, vamos todos!
É uma pena não ter descoberto este blog antes!

A minha mãe dizia que um dia parávamos o carro e saberíamos a sua história, que era e é um verdadeiro mistério para mim!

Um dia continuarei a sua missão! Por mais que as pessoas pensem que sou maluca, eu porei um sorriso na cara das pessoas! Tal como você fez!

RIP, meu herói :)


De Ricardo Ribeiro a 11 de Novembro de 2010 às 22:38
Pois é João Portugal pode não ter génios ou empreendedores ou economistas que dêem nas vistas por construir impérios do nada em poucos dias, mas teve um homem que proporcionou sorrisos a milhares de pessoas porque não se queria sentir sozinho e via nesse gesto um "remédio". Não sei quem tem mais sorte, na minha opinião somos nós que te tivemos a ti, um homem capaz de reinventar a própria sociedade apenas com um simples acenar. Nunca te vi, nunca me acenaste a não ser agora com a tua história de vida, e fizeste-me sorrir por saber que o mundo não está assim tão perdido. Não te sei dizer mais nada João a não ser adeus....


De Rita a 11 de Novembro de 2010 às 23:25
Tio João, Nini " como era tratado pela minha família,
À semelhança de muitos lisboetas, também nós começámos por o achar "estranho". Um dia, resolvemos parar o carro e conhecer um pouco aquele homem. Que agradável surpresa!
Afinal, aquele senhor que dizia adeus a todos que por ele passavam, não era maluco. Pelo contrário. Foi certamente uma das pessoas mais cultas e interessantes que conheci na vida.
Aquelas conversas tornaram-se um vício e semanalmente, depois do jantar de família, seguíamos para conversar com o Nini " (nome que o meu filho, na altura com 2/3 anos, lhe deu).
Não houve uma 3ªfeira em que o Nini não tivesse uma rosa que oferecia à minha avó e um chocolate Kinder que fazia as delícias do Manel .
Hoje, o Manel já tem 10 anos. Ao ver as imagens do seu amigo na televisão, as lágrimas correram-lhe pela cara.
Tal como todos o que o conheciam um bocadinho que fosse, também o Manel perdeu hoje (e pela primeira vez), um grande Amigo!
Até sempre Nini !
Um beijo enorme


De tulass a 6 de Janeiro de 2011 às 17:19
Olá Rita
O seu comentário resume TUDO o que há de belo no ser humano!
O fenómeno das redes sociais mostra como nós nos isolamos ao longo deste anos e como deixamos que o calor humano se fosse arrefecendo nestas ultimas décadas. Fiquei emocionado e devo dizer que uma das minhas tristezas foi nunca ter feito o mesmo. Parar para conversas com alguem que quer fazer as pessoas FELIZES.
Que descanse em paz


De Rita a 7 de Janeiro de 2011 às 10:53
Olá "tulass",
Muito obrigada pelo seu comentário, foi muito simpático.
Um beijinho.


De LD a 12 de Novembro de 2010 às 01:29
Grande homem pelo que parece, mas tenho pena as pessoas so serem reconhecidas e "apresentadas" depois de ja nao se encontrarem entre nos..

Descanse em Paz senhor Joao


Comentar post

O Senhor do Adeus - Rubrica de Cinema
Todos os Domingos, pelas 20.30, no cinema El Corte Inglês, João Manuel Serra (o famoso "Senhor do Adeus") vai ao cinema com Filipe Melo e com Tiago Carvalho. Este Blog serve para documentar as opiniões e observações de João Serra sobre os filmes e sobre a vida. Os comentários deixados no blog durante a semana serão lidos ao João Serra no Domingo seguinte.
O Senhor do Adeus
críticas recentes

Adeus!

Hail, Caeser!

Trumbo

Quarto

Deadpool

Carol

pesquisar
 
últ. comentários
I have my own business order mysoline (http://www....
Is it convenient to talk at the moment? naprelan 7...
this is be cool 8) generic primidone (http://www.l...
arquivos

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Junho 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

mais comentados
tags

todas as tags

links
blogs SAPO
RSS