Terça-feira, 25 de Agosto de 2009
Inimigos Públicos

Filme: Inimigos Públicos
Realizador: Michael Mann

cinema.sapo.pt/filme/public-enemies

 

 


O que achou do filme?

Achei que está muito bem feito, muito bem realizado. O cinema atingiu uma expressão fantástica, mas também não acontece em todos os filmes.


A história do filme é banal, porque se não se soubesse que o Dillinger existiu, pareceria uma história inventada de tantos outros filmes de gangsters e de polícias e ladrões que já existem. Até o final, quando ele vai ao cinema sendo procurado pela polícia, com a cabeça a prémio, e vai para aqui e para acolá. Não percebo se isto aconteceu de verdade ou não, se foi assim que ele foi apanhado, porque não sei a história real dele. Parece uma história de uma personagem que não é verídica - até parece fantasia. Com o dinheiro que ele tinha, devia-se ter escondido - não devia andar por todo lado a expor-se publicamente. Não admira que tenha sido apanhado daquela maneira. Se foi assim, se não inventaram (porque podem bem ter romanceado a questão), acho incrível e ilógico. Outra coisa que eu acho no filme: acho que há tendência em retratar o Dillinger como um herói, em vez de o tratar como um bandido, que é o que ele era. Era um criminoso, e, embora não fosse um assassino, roubava bancos. Acho que puseram um rapaz que é quase um galã (Johnny Depp) a fazer de Dillinger. Depois fizeram um romance dele com uma tal Billie (Marion Cottillard), que é muito bonito. Uma pessoa quase que se comove quando ele é morto e apanhado, e o outro polícia vai entregar a mensagem que ele mandou, está tudo feito de forma a comover um bocadinho. Uma pessoa com um bocadinho de sensibilidade acaba por se comover com a interpretação da rapariga, que é muito boa actriz. Eu não sei se é um factor positivo ou negativo no filme. É positivo no sentido de sensibilizar o espectador, mas é negativo no sentido em que deturpa a verdade e falseia o que foi a vida daquele homem, que foi um bandido.

 

O filme também me interessou porque estou muito ligado àquela década de trinta. Foi a década em que nasci (1931). Desde muito cedo comecei a ir ao cinema, desde os quatro ou cinco anos. É claro: fartei-me de ver o Clark Gable, Shirley Temple, William Powell... É um mergulho no passado lembrar-me daqueles actores todos de quem gostava tanto e de todos aqueles filmes e músicas que estão neste filme. Está-me muito presente no espírito, e traz-me muita saudade. Com a idade que tenho já estou mais para o fim do que para o princípio - lembrar-me do meu princípio, dos meus primórdios, traz-me saudade e comove-me sempre um bocadinho. No conjunto, gostei do filme. Tem muitas qualidades. Gostei de ouvir falar daquela época. Vi o filme duas vezes, e gostei de ver a segunda por causa da companhia!

 

 

CLASSIFICAÇÕES

 

JOÃO MANUEL SERRA (0 a 5) -
FILIPE MELO - É um bom filme, mas parece que os filmes do Michael Mann não têm alma!
TIAGO CARVALHO (0 a 3) -

 
 



publicado por senhordoadeus às 09:57
link do post | comentar | partilhar | ver no SAPO Cinema

6 comentários:
De Rui a 26 de Agosto de 2009 às 12:00
"a história do filme é banal" e "os filmes do michael mann não têm alma", e está tudo dito.
é o que gosto no blog: é muito assertivo. não há pseudo intelectualismos. :) bravo, continuem.~
abraço!


De Yolanda a 31 de Outubro de 2009 às 11:51
A verdade é que John Dillinger foi realmente um herói naquela época. Isto porque os americanos culpavam os bancos pela depressão dos anos 30. Era um Robin Hood por todos os motivos errados...

O que está mal retratado é o facto de ele andar por aí a pavonear-se, quando na verdade John Dillinger usou o pseudónimo de Jimmy Lawrence para passar despercebido às autoridades. E nem a namorada que estava com ele no cinema sabia a sua verdadeira identidade.

O filme em si achei uma valente seca! Usaram e abusaram da "câmera na mão"...uma pessoa até ficava maldisposta. E aquele tiroteio no meio da floresta é excessivamente longo. Uma seca portanto. É raro adormecer no cinema, mas desta vez o sono levou a melhor.


De MP a 1 de Novembro de 2009 às 00:24
Normalmente gosto dos filmes do Michael Mann! - Na minha opinião, o "Heat" é absolutamente fantástico!
Quanto a este filme, apesar de ter gostado da forma como as cenas são filmadas, algo, que ainda não sei explicar, me fez desgostar deste Inimigos Públicos. Talvez com um segundo visionamento eu consiga perceber o que realmente não me agradou!


De Morgado a 28 de Março de 2010 às 00:36
O heat e o Ultimo dos moicanos não têm alma?? O ultimos do moicanos???!!


De senhordoadeus a 29 de Março de 2010 às 17:48
Caro Morgado:

Er... vi no cinema há uns anos e já não me lembro do último dos moicanos como deve ser.

Mas tem a Madeleine Stowe...! Isso ganha pontos.

Eu não desgosto dos filmes do Mann, mas raramente me lembro claramente deles. É claro que é uma expressão do gosto pessoal e não uma crítica cinematográfica per se. Não me leve demasiado a sério!


De MMorgado a 30 de Março de 2010 às 02:04
Pronto, Senhor do Adeus tudo bem , não o levo demasiado a sério, mas a partir do momento em que afirma tão categoricamente com um ponto de exclamação uma opinião que a meu ver é um pouco exagerada sobre os filmes do Mann, levou-me a exclamar esta mesma contra-afirmação! As minhas desculpas. Mas deixe lá, não me leve demasiado a sério também :). Ganha o filme por ter Madeleine e ganha principalmente por ter o Daniel Day-Lewis!, grande actor! Não é a o seu desempenho mais memorável mas não deixa de ser uma referência. A respeito deste filme, sendo eu um apreciador dos filmes de Mann (gostei bastante do Miami vice) também me deixou um pouco decepcionado, mas what the hell, é um biopic, não se pode inventar muito.


Comentar post

O Senhor do Adeus - Rubrica de Cinema
Todos os Domingos, pelas 20.30, no cinema El Corte Inglês, João Manuel Serra (o famoso "Senhor do Adeus") vai ao cinema com Filipe Melo e com Tiago Carvalho. Este Blog serve para documentar as opiniões e observações de João Serra sobre os filmes e sobre a vida. Os comentários deixados no blog durante a semana serão lidos ao João Serra no Domingo seguinte.
O Senhor do Adeus
críticas recentes

Adeus!

Hail, Caeser!

Trumbo

Quarto

Deadpool

Carol

pesquisar
 
últ. comentários
I have my own business order mysoline (http://www....
Is it convenient to talk at the moment? naprelan 7...
this is be cool 8) generic primidone (http://www.l...
arquivos

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Junho 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

mais comentados
tags

todas as tags

links
blogs SAPO
RSS